Utilizamos Cookies para podermos oferecer-lhe o melhor serviço possível. Mais informações podem ser consultadas na nossa Declaração de Proteção de Dados.

Proteção de dados Confirmar e continuar ×
Contato
Contato EPG.

Fale conosco.

Ao enviar os seus dados, concorda com que as suas informações deste formulário sejam processadas. O objetivo é responder aos seus pedidos de informação. Eu concordo com as Condições de proteção de dados.

Stadtwerke München introduz o EPG | LFS como sistema de armazenamento central.

Stadtwerke München (SWM) garante o abastecimento básico de energia e água para a população da capital da Baviera. Além disso, é responsável pelo bom funcionamento dos sistemas de metrô, ônibus e bonde, bem como pelas piscinas da cidade. Para que possa fazer seu trabalho, a Stadtwerke München tem que estocar uma grande variedade de peças de reposição — desde pequenos parafusos especiais e tubos de água até truques de metrô. O gerenciamento eficiente do estoque é de grande importância, para que as peças necessárias estejam rapidamente disponíveis, sempre que ocorram problemas durante a operação. O recentemente introduzido sistema de gerenciamento de armazéns EPG | LFS da EPG (Grupo Ehrhardt + Partner) garante precisamente isso. Ele controla todos os processos logísticos nos locais centrais de logística da SWM e tem o objetivo de fornecer no futuro uma visão geral, em todo o grupo, de todos os locais de armazenamento da SWM. Assim, capacidades de armazenamento podem ser rapidamente identificadas e as sinergias mais bem aproveitadas.

Fazendo melhor uso das sinergias.

A Stadtwerke München armazena mais de 30.000 artigos diferentes, em um total de 45.000 metros quadrados de espaço de armazenamento: os armazéns centrais da SWM contêm peças para centrais de cogeração, fornecimento de energia, telecomunicações e artigos, tais como, truques e parafusos especiais para o setor de transporte. Existem também ainda outros pequenos locais de armazenamento na cidade. Até agora, a SWM apenas dispunha de um sistema de gerenciamento de armazéns em alguns poucos locais isolados. No entanto, o programa desenvolvido internamente não era capaz de suprir todas as necessidades: por exemplo, o gerenciamento de estoques estava limitado ao respectivo local, não sendo possível consultar os estoques de outros armazéns. A conexão de outros locais de armazenamento ao sistema exigia um grande esforço de programação, razão pela qual a empresa SWM continuou gerenciando os estoques via SAP. Sempre que era necessário mudar processos, isso também era muito moroso e dispendioso. Além disso, a preparação e encomenda de peças também ainda era realizada maioritariamente em formato de papel. Como o contrato de suporte para esse sistema antiquado e ineficiente estava quase terminando, a Stadtwerke München finalmente se decidiu por uma mudança. O objetivo era introduzir um software padrão profissional e flexível que permitisse o controle dos processos em todo o grupo.

 

Flexível e funcional

"Após a publicação de um concurso, escolhemos EPG | LFS porque o sistema melhor atendia nossos desafios profissionais e técnicos", explica Tobias Winkelmeier, gerente de projetos especializado em logística da Stadtwerke München. "O que mais nos convenceu foi o modelo de licenças flexível: com apenas uma licença podíamos conectar vários locais." A solução também era mais atrativa devido à grande variedade de funções e pelo fato de que a EPG era capaz de fornecer simultaneamente um moderno sistema de controle para a tecnologia de transporte, com o controlador de fluxo de materiais EPG | MFC, que era necessário para um armazém automático de prateleiras em altura e um armazém de peças pequenas.

A conversão para o novo sistema de gerenciamento de armazéns foi realizada durante as operações em curso. Ela envolveu a migração de grandes volumes de dados, bem como diversas adaptações no sistema SAP específico do cliente. No entanto, foram necessários apenas cinco meses desde a conclusão da programação até o “go live”. Também o cliente se mostra impressionado: "Substituímos um sistema antigo em dois locais, implementamos o sistema de gerenciamento de armazéns pela primeira vez em um local e também convertemos o sistema de controle para a tecnologia de transporte — e tudo isso em um tempo muito curto", afirma Winkelmeier.

Desde a introdução do EPG | LFS, os processos no armazém melhoraram significativamente. Winkelmeier vê vantagens acima de tudo na transparência obtida: "Agora podemos visualizar todos os 66.000 locais de armazenamento nos vários centros de armazenamento, através de um único sistema e controlar melhor o aproveitamento da capacidade do armazém". Agora, pressionando uma simples tecla é possível avaliar os tempos necessários para a execução dos vários pedidos, revelando rapidamente todos os potenciais de otimização. As informações sobre o histórico do armazém e a taxa de rotatividade de um item também são particularmente úteis. As novas fotografias dos artigos facilitam o trabalho, especialmente para os operadores encarregues dos pedidos. "As vantagens de um sistema de gerenciamento de armazéns moderno e único são óbvias. A longo prazo, pretendemos implementar o sistema em todo o grupo, a fim de aumentar nossa eficiência".

Baixar